Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Caso Panamericano começa a feder

Quem quer dinheiro

Ex-banqueiro

É, meus amigos, aconteceu o que todo mundo temia. Começaram a revirar o estrume do caso Panamericano, e encontraram o que procuravam.

Se 2,5 bilhões já era maior que o valor real do banco, descobriu-se que o rombo é maior, são quatro bilhões. Agora já não é uma questão de desconfiança, é uma realidade.

A busca agora é pelos laranjas: Auditores processados estrategicamente por Sílvio Santos; Venda estratégica do banco pelo Grupo Sílvio Santos – E eu fiquei sem entender nada.

Vejam bem: Sílvio Santos declarou pessoalmente que estaria processando os auditores e gerentes do Panamericano, sendo os auditores da iniciativa privada. Sílvio também disse para o povo brasileiro não se preocupar, suas empresas garantiriam o financiamento – Se o empresário está falido, como poderia garantir o financiamento?

O empréstimo veio de uma instituição privada,  mas quem arcará com essa conta?

Justamente quando descobriu-se que o valor é muito maior que 2,5 bilhões, o empresário anuncia que vendeu o banco. Segundo informações da imprensa, o BTG Pactual informou que teria pago cerca de 450 milhões, para ser sócio da Caixa Econômica –

Sendo assim, o maior perdedor foi a Caixa, o governo, contribuintes que pagam imposto; quem ganhou foi o Grupo Sílvio Santos, depois de conseguir um empréstimo bilionário do fundo privado, cerca de 2.5 bilhões – ou seriam quatro? – vendeu o banco e faturou mais 450 milhões.

só uma coisa eu não entendi: Se o empresário afirmou que havia garantido o empréstimo da empresa falida, com as outras empresas; se ele não pretende vender as outras empresas, como ficaria garantido o financiamento?

Aqui, o negócio começa a “feder”, tudo não passou de estratégia para ganhar tempo. Henrique Meirelles foi irônico, quando disse que a investigação foi dentro da lei, e que não concordava com a lei – A data dos acontecimentos, 11 de setembro, foi um aviso para bom entendedor.

As declarações de Sílvio Santos não poderiam ser mais desastrosas, patéticas, cretinas.

“A única coisa que foi vendida foi o banco, As minhas empresas que estavam como garantia foram liberadas.”

“O SBT que vocês jornalistas queriam comprar não está mais à venda”.

“Dois bilhões de dívidas, quatro bilhões de lucro, isso nada mais é do que zeros, que ficam à esquerda ou à direita”

“Eu fico muito contente que não dei prejuízo para ninguém. Tenho certeza que as ações do PanAmericano vão se valorizar.”

Não é à toa que o banco faliu. Na realidade, desde o início a falência era o principal objetivo.

O problema não começou no dia onze de setembro, tudo teve início muito antes, foi muito bem planejado, com muita gente envolvida.

O empréstimo do fundo privado poderia ser feito, visto que o Grupo Sílvio Santos controlava o banco, quem arcaria com o prejuízo, na realidade seria a Caixa, caso o banco fosse vendido – Foi o que aconteceu, os desvios do dinheiro público ficam cada vez mais sofisticados.

A Petrobrás é um bom exemplo de como lavar dinheiro no exterior. Investe o dinheiro público como se esse não tivesse dono, não se incomodando, quando Hugo Chavez ou Evo Morales estatiza tudo.

Qual é o sentido de uma empresa estatal, cujo objetivo deveria ser o desenvolvimento do país, investindo fora dele? – Foi como montar uma empresa para Chaves ou Morales, com um monte de brasileiro sem saber o que aconteceu.

Se a usina de Itaipu fosse em território estrangeiro, hoje estaria estatizada para aquele país também.

A explicação dada hoje é a de que um proer privado garantirá a dívida, ou seja, os cerca 450 milhões seriam utilizados para pagar quatro bilhões de dívidas.

Fechado o negócio, o BTG Pactual assumiria essa dívida para pagá-la até o ano de 2.028 – Para quem já comprou Baú da In(felicidade), sabe como funciona isso.

Veja como começou o escândalo do Panamericano:

https://icommercepage.wordpress.com/2011/01/09/as-moscas-do-panamericano/

By Jânio

fevereiro 2, 2011 - Posted by | Política | , , , , , , , , , ,

7 Comentários »

  1. Em recente artigo na mídia e na Internet levantei a hipótese de a novela a ser lançada em março, no SBT, “Amor e Revoluçäo”, com uma personagem chamada Jandira (Lúcia Veríssimo), inspirada na militânica guerrilheira de Dilma Roussef, representar uma “troca de favores”, por algum tipo de ejuda do governo na solução do escândalo do Banco Panamericano, do Grupo Sílvio Santos. Agora os fatos estão aí, à vista de todos. Será que ainda resta alguma dúvida de que o SBT está de namoro com o poder, tentando substituir a Globo nessa forma de relacionamento do tipo “toma lá, dá cá” ?
    Jornalista de todas as querências

    Curtir

    Comentário por Lino Tavares | fevereiro 2, 2011 | Responder

  2. […] * Publicado no MadeInBlog […]

    Curtir

    Pingback por Ver! | Blog | Caso Panamericano começa a feder | fevereiro 2, 2011 | Responder

  3. Olá Lino:

    Quem são os culpados eu não sei, mas pelo cheiro tem muita gente.

    Quanto a novela, você tem razão, essa é uma proximidade perigosa.

    Eu gostaria de acreditar que fosse só o SBT que está envolvido nessa trama, também gostaria de acreditar que esse fosse o único roubo de dinheiro público, assim como gostaria de acreditar que todos os políticos corruptos estão no PT, mas a realidade pode ser muito mais dolorida.

    ABS

    Curtir

    Comentário por icommercepage | fevereiro 2, 2011 | Responder

    • Sem dúvido, caro amigo Janio, essa rede de roubo e corrupção possui tentáculos inimagináveis. O PT nunca esteve sozinho nisso. Apenas é o pararraio para onde convergem as denúncias de escândalos, por ser a representação mais alta do poder A máfia italiana da Cosa nostra se sentiria humilhada se comparada à Máfia tupiniquim, iniciada na era Collor, dissimulada na era FHC e aperfeiçoada da era Lula.
      Abç
      Lino Tavares

      Curtir

      Comentário por Lino Tavares | fevereiro 2, 2011 | Responder

  4. Eu não entendo tanto de finanças, mas tô achando aqui que ele ficou em ótima situação! rss

    Abraços amigo Jânio,

    Curtir

    Comentário por Aldo Cioffi | fevereiro 2, 2011 | Responder

  5. Hehehehe

    Olá Aldo:

    Fazer um empréstimo de 2.5 bilhões de reais – ou seriam quatro? – para outro pagar, enquanto o rombo passa dos quatro bilhões, com direito a processar outrem, fazendo-se de vítima, e ainda dizer que foi liberado da dívida…

    Não há a menor dúvida, o PT não sabe roubar. O PSDB faria isso com um pé nas costas.

    ABS

    Curtir

    Comentário por Janio | fevereiro 3, 2011 | Responder

  6. […] Caso Panamericano começa a feder […]

    Curtir

    Pingback por Bilionários brasileiros « Made in Blog | setembro 28, 2014 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: