Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

O cachorro de um milhão

cão cantor

Cachorro que Canta

Quando surgiu a história de que músicas de rock, cantadas ao contrário, resultavam em palavras diabólicas, eu fiquei muito curioso.

Como eu não curtia rock pesado, nem poderia tocar um som desses em casa, peguei uma fita cassete e  inverti músicas pop, para ver o resultado.

Dobrando um fita cassete, seu verso mostra todo o áudio da música ao contrário.

A primeira versão de King Kong, filme da década de vinte, usou esse recurso, invertendo o rugido de um leão. O resultado dessa experiência chocou os espectadores, forçando a produção a revelar o segredo.

No auge dessa discussão, como todo garoto peralta que adora provocar, contei uma experiência que tive com animais.

Além de ter sido um razoável treinador de cães, em minha infância, por volta dos seis anos, eu era um excelente observador.

Eu sempre usava minhas observações para fazer perguntas pouco ortodoxas aos professores, sempre na hora certa. Por exemplo: Como é que os cães se comunicam?

Todos nós sabemos que os animais tem muito mais que os cinco sentidos vitais, uma teoria ultrapassada, já que o tato vai muito além da pele, além do lado inconsciente da mente – nos humanos.

No caso do cachorro, dizer que ele se comunica apenas com “au au”, seria subestimá-lo. Experiências ciêntíficas já comprovaram que, o que nos humanos são poderes paranormais, para os cães, poderes paranormais não são tão paranormais assim.

No calor da discussão do tal rock, lembrei-me de uma ocasião em que observava dois gatos se comunicando, seus miados tornavam-se mais longos, parecendo bebês chorando, em seguida começavam a surgir algumas palavras. Lembrando que eram duas horas da madrugada, essa fluência de linguagem de gatos chegava a arrepiar.

Com o tempo, notei que não eram só os gatos, todos os animais possuíam gestos e sons que foram desenvolvidos durante centenas de milhares de anos. Graças a isso, e a suas habilidades naturais,  eles estavam mais preparados para sobreviver, melhor que os humanos.

Uma espécie muito parecida com os gatos, os cães, tem até o som de suas palavras parecido.

Por serem os melhores amigos do homem, não é possível notar, mas basta ver um grupo de vira-latas cantando para termos uma ideia de sua performance linguistica.

Aliás, os cães costumam combinar rosnados com gestos, indicando direções, chamando a atenção, pedindo para que sejam seguidos, carinho, etc.

Se não fosse o aparecimento do homem na Terra, eu não tenho a menor dúvida que os animais acabariam falando. Eles já tem uma vida social muito produtiva, com seu curto processo cerebral.

Vários animais já foram treinados para falar a nossa língua, mas essa língua não significa nada para eles.

Um Husky Siberiano chamado Mishka tem chamado a atenção da mídia mundial. Com o auxílio da tecnologia, mais a capacidade de pronunciar algumas palavras, o cão conseguiu gravar uma música que já teve pelo menos um milhão de acessos, pelo menos até a reportagem.

A música também já era vendida pela internet, tornando o cão a primeira estrela da música pop, pelo menos entre os cães.

Para aumentar sua popularidade, todo um projeto digital foi montado. O cão ganhou até página na Twitter e na Facebook.

A tecnologia usada por ele, para melhorar sua voz, já foi usada por Cher, Lady Gaga e Christina Aguilhera, para criar efeitos, e corrigir defeitos,  vocais.

Suas músicas já são vendidas nas lojas i-tunes à 99 centavos.

Veja o vídeo:

http://actualidad.rt.com/ciencia_y_tecnica/electronica_tecnologia/issue_14998.html

By Jânio

outubro 9, 2010 - Posted by | curiosidades | , , , , , , , , , , , , , ,

4 Comentários »

  1. […] * Publicado no MadeInBlog […]

    Curtir

    Pingback por Ver! | Blog | O cachorro de um milhão | outubro 9, 2010 | Responder

  2. Meu caro amigo Jânio, boa noite!!!
    Gosto muito de animais, tenho vários.
    Eu que tenho os dois, gatos e cachorros, sei muito bem que eles são capazes de se comunicar entre eles e com a gente.
    Meus gatos quando querem alguma coisa tem suas maneiras com gestos e miados diferentes para pedir.
    Não conhecia o Husky Siberiano cantor, fui conferir o vídeo, que maravilha.
    Parabéns pela excelente postagem, adorei!!!
    Grande abraço e muita paz!!!

    Curtir

    Comentário por Pirollo | outubro 9, 2010 | Responder

    • Olá Luis:

      Eu tive dois cães durante a minha infância, a morte deles sempre foi traumática para mim. No caso dos gatos, eles vem e vão o tempo todo, toda a vizinhançacompartilha dos mesmos.

      Pelo visto, você deve estar bem familiarizado com a linguistica melodiosa dos animais, não é mesmo?

      ABS

      Curtir

      Comentário por Jânio | outubro 9, 2010 | Responder

  3. […] Um cachorro muito especial Rate this: Share this:TwitterLike this:LikeBe the first to like this post. […]

    Curtir

    Pingback por Um gato de dez milhões « Made in Blog | dezembro 13, 2011 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: