Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

A incrível história do bebê de 29 anos

maria aldenete

Bebê de 29 anos

Uma mania que nós temos, banalizar dramas reais, crimes policiais e políticos,  poderia ser explicada pela maneira como isso é divulgado, sem público nem horário certo. 

Nem é um caso para a censura, bastaria que a empresa deixasse de pensar em dinheiro, separando o material e o público que pretende atingir.

Há casos reais, onde o drama das pessoas não deve ser visto como um produto a ser oferecido em horário nobre, mas em horários onde as pessoas certas possam refletir melhor. Na maioria desses casos, não deveria haver a necessidade de se oferecer esmolas a essas pessoas, mas exigir que o Estado cumpra com sua obrigação, nomeando a pessoa que deverá cuidar desse problema social.

Durante a minha infância, conheci muita gente deficiente, a maioria enfrentava o preconceitos. A maioria mora em regiões metropolitanas hoje, onde há mais associações direcionadas para esse povo.

No sertão do ceará, em Caucaia,  um caso que comoveu o Brasil inteiro, foi o caso de um bebê de 29 anos de idade que não cresceu. Não é um caso de altura, como outros que temos citados, mas um caso de envelhecimento, ou ausência desse.

Segundo informações da própria família, Maria Aldenete tem problemas na glândula endócrina, motivo pelo qual ela não envelheceu, permanecendo bebê.

O descaso teria sido das autoridades pública da saúde, já que a família não tinha condições financeiras para cuidar da menina. Se fosse tratada, quando ainda era bebê, o problema poderia ter sido resolvido.

Esse caso me lembrou de outro, o Ferrugem, mas no caso do Ferrugem, celebridade que estampava capas de livros de Matemática, o caso não aconteceu quando ele era bebê, como é o caso de Maria Aldenete.

Maria Aldenete virou manchete de jornais e telejornais, caso a família cobrasse cachê, seria suficiente para cobrir as despesas da menina pelo resto da vida.

Vivendo graças a doações, Maria Aldenete é criada pelo pai e pela madrasta. Com vinte nove anos, ela é um eterno bebê.

Na fase em que nasce, o bebê precisa de atenções especiais, quando o profissional da saúde toma as devidas precauções, nada de anormal deverá acontecer. O acompanhamento peso/altura é fundamental até os treze ou catorze anos, quando o corpo entra no estágio final de desenvolvimento.

Mesmo em cidades pequenas, poderia-se ter encaminhado o bebê para a capital, onde os hospitais Universitários teriam tratado gratuitamente. Nesses casos, um bom advogado também ajudaria bastante, mas os brasileiros não estão acostumados com justiça.

eterno menino

Distúrbio do crescimento

By Jânio

setembro 28, 2010 - Posted by | curiosidades | , , , , , , , ,

12 Comentários »

  1. […] * Publicado no MadeInBlog […]

    Curtir

    Pingback por Ver! | Blog | A incrível história do bebê de 29 anos | setembro 28, 2010 | Responder

  2. Meu caro amigo Jânio, boa noite!!!
    Mais um caso do descaso… é o que essas pessoas que necessitam de ajuda recebem de nossos governantes que só se interessam pelos conchavos políticos e votos nas eleições… acabamos ficando com deficiência em várias áreas assistenciais… se é que ainda existem… só sabem dizer que o país está crescendo… prá onde? É um absurdo, em pleno século XXI, a gente deparar com casos como o da matéria.
    Parabéns pela excelente postagem!
    Grande abraço e muita paz!!!

    Curtir

    Comentário por Pirollo | setembro 28, 2010 | Responder

    • Olá luis:

      Lembra aquela briguinha no congresso:

      – Vossa Excelência comprou um jatinho.

      – Mas eu comprei com o meu dinheiro, não comprei com o dinheiro do povo.

      Obs: O Ceará é o estado com mais pobres no Brasil, se fosse pelo clima, pela falta de chuva, tudo bem. O problema é que tem gente comprando jatinho, aí não dá para aceitar né?

      Um grande abraço

      Curtir

      Comentário por icommercepage | setembro 28, 2010 | Responder

  3. Jânio,
    O problema neste país é a falta de informação, o caso Aldenete é a prova cruel desta realidade. Foi nescessário exposição deste terrível drama, para ser resolvido um problema de saúde com 29 anos de atraso.
    Abraços

    Curtir

    Comentário por Dauri Diogo | setembro 28, 2010 | Responder

  4. Olá Dauri:

    Você falou tudo, vinte nove anos de atraso …e ela continua um bebê …

    Eu tenho cansado de dizer para as pessoas, não esperem a morte chegar, busquem os políticos, façam-se notar. Se eles pegaram todo o dinheiro, eles são responsáveis.

    Fazendo as pessoas saber, eles serão obrigados a agir, a se explicar. Você matou a charada.

    ABS

    Curtir

    Comentário por icommercepage | setembro 28, 2010 | Responder

  5. Oi Janio, ótimo texto, realmente o descaso é um grande problema em nosso pais….
    que situação essa do eterno bebê!! …
    abs

    Curtir

    Comentário por ana lucia nicolau | setembro 28, 2010 | Responder

    • Olá Ana:

      Você, como Advogada, deve ter conhecimentos de injustiça. Esse caso só vei a tona agora.

      Obrigado pelo comentário.

      ABS

      Curtir

      Comentário por Jânio | setembro 29, 2010 | Responder

  6. Oi, Jânio!
    Achei forte a sua postura, objetiva, do jeito que deve ser mesmo…
    Até me emocionou a parte final que você disse que o brasileiro não está acostumado com justiça.
    E é verdade, amigo!
    Parece que o nosso povo gosta de sofrimento, gosta de falar que o país não presta, gosta de dizer que os políticos são corruptos…
    Assuntos de relevância como esse postado aqui, pouco ibope dá porque o brasileiro ADORA ver sobre violência, morte, desvio de dinheiro na TV!
    O Governo, já sabendo disso, “deita e rola” e vai empurrando com a barriga.
    Lamentável a situação desse “bebê”.
    Como será o futuro dessa “menina”? Quem cuidará dela?
    Será que há alguma chance do seu corpo, ao menos, atingir uma baixa estatura (1m20cm, por exemplo)?
    Espero muito que haja, ainda, uma esperança para esse ser, que não tem culpa nenhuma da irresponsabilidade dos outros!
    Um abraço,
    Mary 🙂

    Curtir

    Comentário por Mary Miranda | setembro 28, 2010 | Responder

  7. Olá Mary:

    Nós devemos sempre acreditar em milagres, e que a ciência possa resolver um problema que, infelizmente, demorou muito tempo para se resolver.

    Esse não deve ser visto apenas como um problema político, mas como um problema social. Certos problemas, como o da mortalidade infantil, é responsabilidade nossa, tanto quanto pelos políticos que escolhemos.

    Eu parei de falar de política agora, porque não quero participar desse sistema bipartidário, dessa guerra entre a classe operária e a elite brasileira.

    Voltarei a falar de política depois das eleições.

    Foi muito bom revê-la por aqui, mary.

    ABS

    Curtir

    Comentário por Jânio | setembro 29, 2010 | Responder

  8. […] This post was mentioned on Twitter by Sr. Dedo !, icommercepage. icommercepage said: A incrível história do bebê de 29 anos: http://t.co/jALMgXH […]

    Curtir

    Pingback por Tweets that mention A incrível história do bebê de 29 anos « Made in Blog -- Topsy.com | setembro 29, 2010 | Responder

  9. […] Há casos reais, onde o drama das pessoas não deve ser visto como um produto a ser oferecido em horário nobre, mas em horários onde as pessoas certas possam refletir melhor. Na maioria desses casos, não deveria haver a necessidade de se oferecer esmolas a essas pessoas, mas exigir que o Estado cumpra com sua obrigação, nomeando a pessoa que deverá cuidar desse problema social. LEIA MAIS… […]

    Curtir

    Pingback por A incrível bebê de 29 anos | Linka Sites | outubro 22, 2010 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: