Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

A crise da PPP

começo da crise

Briga de Gente Grande

A PPP é a base do marketing, onde são identificadas as áreas onde um empreendedor deve ficar atento, para que seu empreendimento obtenha o sucesso desejado.

Eu criei uma nova PPP, uma versão para os donos do poder, incluindo os políticos, a polícia e os pilantras. Há muito mais elementos que poderiam  ser identificados com o P, mas não seria certo, principalmente porque alguns são mais vítimas que algozes, como é o caso das prostitutas, por exemplo.

É evidente que a política reflete, em parte, o comportamento do povo. Mesmo sendo elitizada, a medida em que o povo assume uma postura mais séria, alguns políticos menos corruptos tendem a aparecer.

Há algum tempo atrás, a compra de votos e os mensalões, bem como megashows de celebridades, durante as grandes campanhas, era uma prática normal, não só tolerada pelo povo, como apoiado por ele.

O povo queria acompanhar a política, mas os velhos discursos eram muito enfadonhos, a saída eram os shows.

No escândalo da assembléia do Paraná, o máximo que eu ouvi foi: “O dinheiro desviado terá de ser devolvido”, eu fiquei pensando, mas, e a cadeia?

Nos últimos meses, acompanhamos vários pequenos escândalos, mostrando que a corrupção está bem mais próxima do povo do que parece.

O escândalo de Brasília deixou a impressão de que não havia a quem apelar, foi preciso a intervenção da terceira instância da “Justiça”. Mais tarde, outro escândalo  em Dourados, mostrou que a corrupção no baixo escalão pode ser muito maior que no topo da hierarquia.

Agora, às vésperas das eleições, estamos às voltas com mais um crime político, em Amapá.

A principal característica desses crimes, é que não há separação entre governo e oposição, não há possibilidade de corrupção sem a participação da oposição.

Uma estátua deveria ser erguida em homenagem à resistência a corrupção, por meia dúzia de heroicos manifestantes em Brasília. Em Dourados, parece que o povo está provando que prender corruptos não é inconstitucional, é questão de vergonha na cara.

Normalmente, para se prender um político criminoso, é preciso cassar seu mandato. Enquanto esse político não é expulso de seu próprio partido, sua cassação fica muito mais difícil.

A prisão de toda a polícia, em Campo Largo, é um sinal de que há uma luz no fim do túnel.

Em minha cidade, quando se faz uma denúncia, essa pessoa é vista como inimigo público número um, supostamente sujou o nome da cidade, mas, na realidade, as mudanças dependem de denúncias. Quando há conivência de autoridades, ou da população,  no crime, a corrupção e a organização criminosa se tornam muito mais fortes.

Cidades onde estão ocorrendo essas pequenas revoluções, no futuro, terão a sua chance de crescer. Tudo o que começou com denúncias, desde que as autoridades não atrapalhem a ação da justiça, iniciarão um processo de cidadania, onde o futuro das próximas gerações estará assegurado.

O grande “pecado” dos políticos, até aqui, para a nossa sorte, foi a vaidade. Foi pela vaidade que Roberto Jefferson entregou todo o esquema de mensalão, uma armadilha que jogou Roberto Jefferson contra José Dirceu.

Durval Barbosa entrou para a história, como o primeiro político digital, derrubando a alta cúpula de Brasília.

Ainda há muitos problemas na justiça brasileira, burocracias que dificultam separar um ladrão de galinhas de um grande mafioso. Quando isso acontece, não é o ladrão de galinhas que é solto, é o mafioso.

Fora isso, o povo está fazendo a sua parte, é em meio a essas pequenas revoluções que deverão surgir grandes políticos do futuro, educados, honestos e conscientes de suas responsabilidades sociais.

By Jânio

Textos relacionados:

A política torta do Brasil

Eu não acredito em teoria da conspiração

Mortes misteriosas de celebridades

Presidentes do Brasil

A história de José Sarney

PT acerta o próprio pé

Políticos com problemas na justiça

O massacre do sítio caldeirão

A crise da PPP

Ficha Limpa

Trinta anos de escândalos no Brasil

setembro 15, 2010 - Posted by | Política | , , , , , , , , , , , ,

43 Comentários »

  1. Postagem de excelente nível, que procura dar uma visão ampla sobre essa instituição nacional biônica chamada corrupção.
    Cada vez que se toca nesse assunto, fico a lamentar o seguinte:
    Todo o orgulho que ostentamos aos olhos do mundo, ao cassar um presidente envolvido em corrupção, no episódio Collor/PC Farias, jogamos no lixo, ao mantermos no poder outro presidente envolvido (com ou sem eu não sabia) em outro esquema de corrupção dez vezes maior e mais grave, porque envolvia dinheiro do contribuinte.
    Depois do impune Esquema do Mensalão, qualquer forma punitiva, nesse sentido, não será mais do que “prisão de ladrão de galinha” em Terra onde o abigeato não leva ninguém para a cadeia.
    Aquela frase contida na música Vingança, de Lupicínio Rodrigues, “A vergonha é a herança maior que o meu pai me deixou”,positivamente não se aplica no campo da atual polica (gem) brasileira.
    Abç, caro Jânio
    Vamos opinar enquando o “chavizmo”não entra em cena neste País, já que as pesquisas eleitorais apontam nesse sentido.
    Lino Tavares

    Curtir

    Comentário por Lino Tavares | setembro 15, 2010 | Responder

  2. Olá Lino:

    Uma combinação de Chavez com Sarney, é tudo o que eu não gostaria de ver, mas o bipartidarismo nos leva a isso.

    No início era apenas uma briga, com o passar do tempo, essa briga virou uma guerra. De um lado a classe operária e os funcionários do governo, do outro, o grupo de descontentes que ignora que hajam mais candidatos.

    Para fechar com chave de ouro, só alertando que o IBOPE pode acertar suas pesquisas, já que o povo ignora que o voto é secreto.

    ABS

    Curtir

    Comentário por icommercepage | setembro 15, 2010 | Responder

  3. Meu caro amigo Jânio, boa noite!!!
    Seu texto é magnífico, uma análise perfeita ou um PPP perfeito dos últimos tempos… Concordo plenamente, você faz uma análise muito realista e sábia sobre os donos do poder. Já não posso dizer o mesmo da imagem do “Trio Carada Dura” lá do início da matéria… não poderia ter escolhido pior… meu Deus!!!
    Se formos pensar com um pouco de frieza ou de verdade, será que o povo brasileiro ou a maior parte dele, também não tem a sua parcela de culpa nessa história… o brasileiro sempre foi taxado como “esperto”, o povo “do jeitinho” ou “tirar vantagem”… vamos torcer para que o povo faça a sua parte e possamos melhor esse quadro.
    Parabéns pela excelente matéria!!!
    Grande abraço e muita paz!!!

    Curtir

    Comentário por Pirollo | setembro 15, 2010 | Responder

    • Olá Luis:

      Como eu disse para o Lino, não tenho muita esperança não.

      Veja bem: Quando alguém fala mal do PT, nós sabemos que é o PSDB; quando falam do PSDB, sabemos que são do PT. Eu nunca vi o bipartidarismo tão forte, e isso me assusta.

      ABS

      Curtir

      Comentário por Janio | setembro 17, 2010 | Responder

  4. Que Post Fantástico!
    Amigo Jânio:
    Dada a relevância da matéria que de forma inequívoca amostra todas as variáveis da crise PPP, eu endosso as suas palavras e faço minha as palavras do Dr. Lino Tavares.
    Parabéns por mais uma excelente matéria!
    Abraços,
    LISON.

    Curtir

    Comentário por LISON COSTA | setembro 15, 2010 | Responder

    • Olá Lison:

      Pondo mais lenha na fogueira: Parece que as grandes empresas conseguiram estabelecer um sistema bipartidário perfeito, do outro lado, há uma legião de eleitores interessados em “mamar” nas tetas da República, deveremos pagar pelas nossas escolhas.

      ABS

      Curtir

      Comentário por Jânio | setembro 17, 2010 | Responder

  5. Há muito pouca ou quase nenhuma diferença entre os personagens dos seus três “P’s”. Todos sofrem de desvio de caráter, todos são criminosos, todos deveriam estar na cadeia.

    A única diferença é o modo de atuação de cada um: o político legisla em causa própria, ao invés de se preocupar com a sociedade; o policial se mistura com o bandido, ao invés de impedir sua ação criminosa, e o pilantra se aproveita destes exemplos para sobreviver à custa da impunidade.

    Um abração…

    Curtir

    Comentário por Carlos Roberto de Oliveira | setembro 15, 2010 | Responder

    • Olá Carlos:

      Seu comentário ficou perfeito e eu agradeço.

      Agora eu tenho certeza, os outros “personagens” Ps não se encaixariam tão perfeitamente no seu comentário, como esse trio.

      ABS

      Curtir

      Comentário por Jânio | setembro 17, 2010 | Responder

  6. A coisa mais lúcida que leio nestes tempos. Parabéns

    Curtir

    Comentário por evandro | setembro 15, 2010 | Responder

    • Olá Evandro:

      …E eu fico feliz de você ter participado desse tópico, num momento tão importante na história brasileira.

      ABS

      Curtir

      Comentário por Jânio | setembro 17, 2010 | Responder

  7. Jânio,
    Resta-me uma gota de esperança.
    Abraços

    Curtir

    Comentário por Dauri Diogo | setembro 16, 2010 | Responder

    • Olá Dauri:

      Sou solidário com você, a esperança é a últma que morre.

      ABS

      Curtir

      Comentário por Jânio | setembro 17, 2010 | Responder

  8. Falando em pequenas revoluções, queria apresentar uma: O Eleitor 2010, uma plataforma alternativa para denúncias feitas pela população. Trata-se um projeto colaborativo, apartidário e sem fins lucrativos, com zero de patrocínio/financiamento, que pretende ser um grande observatório das eleições segundo a ótica do eleitor.

    http://eleitor2010.com/

    É muito fácil de usar, e para enviar um testemunho (que pode ser anônimo) basta preencher os dados necessários no link:

    http://eleitor2010.com/reports/submit

    As denúncias feitas pelos eleitores (em forma de texto, fotos, áudio ou vídeo) serão mapeadas e ficarão a disposição da imprensa e autoridades, que podem então investigá-las a fundo.

    Fazer parte dessa revolução é fácil: basta divulgar o projeto, e melhor ainda, enviar para lá denúncias de irregularidades.

    Abraços
    Paula Góes

    Curtir

    Comentário por Paula Góes | setembro 22, 2010 | Responder

  9. Olá Paula:

    É muito bom ver formadores de opinião se interessando tanto por política, acabo de conferir alguns usuários, são realmente muito engajados.

    Não preciso nem desejar-lhe sucesso, pois já vi que o portal já é.

    Parabéns!

    ABS

    Curtir

    Comentário por icommercepage | setembro 23, 2010 | Responder

  10. […] A crise da PPP […]

    Curtir

    Pingback por STF condena seguranças de PC Farias « Made in Blog | junho 26, 2011 | Responder

  11. […] A crise da PPP […]

    Curtir

    Pingback por A política torta do Brasil « Made in Blog | junho 26, 2011 | Responder

  12. […] A crise da PPP […]

    Curtir

    Pingback por Eu não acredito em teoria da conspiração. « Made in Blog | junho 26, 2011 | Responder

  13. […] A crise da PPP […]

    Curtir

    Pingback por Mortes misteriosas de Celebridades. « Made in Blog | junho 26, 2011 | Responder

  14. […] A crise da PPP […]

    Curtir

    Pingback por Relação de todos os presidentes do Brasil « Made in Blog | junho 26, 2011 | Responder

  15. […] A crise da PPP […]

    Curtir

    Pingback por A história política de José Sarney. « Made in Blog | junho 26, 2011 | Responder

  16. […] A crise da PPP […]

    Curtir

    Pingback por Lista de políticos com problemas na justiça « Made in Blog | junho 26, 2011 | Responder

  17. […] A crise da PPP […]

    Curtir

    Pingback por O massacre do sítio Caldeirão « Made in Blog | junho 26, 2011 | Responder

  18. […] A crise da PPP […]

    Curtir

    Pingback por Ficha Limpa fica para 2.012 « Made in Blog | junho 26, 2011 | Responder

  19. […] A crise da PPP […]

    Curtir

    Pingback por Trinta anos de escândalos na política brasileira « Made in Blog | junho 26, 2011 | Responder

  20. […] A crise da PPP […]

    Curtir

    Pingback por O maior prêmio pago do Brasil « Made in Blog | dezembro 28, 2011 | Responder

  21. […] A crise da PPP […]

    Curtir

    Pingback por Política – A pirâmide dos malditos « Made in Blog | maio 3, 2012 | Responder

  22. […] A crise da PPP […]

    Curtir

    Pingback por Policial que prendeu Carlinhos Cachoeira é assassinado « Made in Blog | julho 24, 2012 | Responder

  23. […] A crise da PPP […]

    Curtir

    Pingback por Jovens homens velhos « Made in Blog | agosto 29, 2012 | Responder

  24. […] A crise da PPP Rate this: […]

    Curtir

    Pingback por Pobre classe média « Made in Blog | outubro 5, 2012 | Responder

  25. […] A crise da PPP Rate this: […]

    Curtir

    Pingback por Perguntas proibidas « Made in Blog | outubro 19, 2012 | Responder

  26. […] Teoria da PPP […]

    Curtir

    Pingback por Adaptação social « Made in Blog | maio 9, 2013 | Responder

  27. […] A crise da PPP […]

    Curtir

    Pingback por Manifestações no Brasil já ultrapassam 200 mil pessoas « Made in Blog | junho 18, 2013 | Responder

  28. […] A crise da PPP […]

    Curtir

    Pingback por Protestos no Rio superam dia histórico « Made in Blog | junho 21, 2013 | Responder

  29. […] A crise da PPP […]

    Curtir

    Pingback por Policiais do tráfico são presos em São Paulo « Made in Blog | julho 16, 2013 | Responder

  30. […] A crise da PPP […]

    Curtir

    Pingback por Máfia do metrô « Made in Blog | agosto 13, 2013 | Responder

  31. […] A crise da PPP […]

    Curtir

    Pingback por Lista de envolvidos na máfia do asfalto « Made in Blog | outubro 31, 2013 | Responder

  32. […] A crise da PPP […]

    Curtir

    Pingback por Lava-jato – lista dos citados « Made in Blog | março 5, 2015 | Responder

  33. […] Crise da PPP […]

    Curtir

    Pingback por Dependência de política « Made in Blog | agosto 14, 2015 | Responder

  34. […] Crise da PPP […]

    Curtir

    Pingback por Governo de transição « Made in Blog | setembro 3, 2015 | Responder

  35. […] por A crise da PPP « Made in Blog | junho 26, 2011 | […]

    Curtir

    Pingback por Trinta anos de escândalos na política brasileira « Made in Blog | outubro 24, 2015 | Responder

  36. […] acredito que tanto o capitalismo quanto o socialismo, ou qualquer outro sistema de governo, sempre precisará de suporte para o […]

    Curtir

    Pingback por Tax haven – O inferno da economia americana « Made in Blog | novembro 6, 2015 | Responder


Deixe uma resposta para STF condena seguranças de PC Farias « Made in Blog Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: