Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Violência do Rio, vista de fora

Além do cartão postal

Além do cartão postal

È  certo que o conflito entre traficantes e policiais, no Rio, teria mais credibilidade se visto sob ponto de vista próprios cariocas. Por outro lado a visão externa do conflito, além de mostrar dados que são noticiados no país, acrescenta a visão que se tem de fora, através de correspondentes internacionais, aqui no Brasil.

Alguns números que estão sendo divulgados lá fora, sobre o Brasil são:

Falta de controle sobre armas no país – A se julgar pela forma como as armas estão chegando até os traficantes nas favelas, mostra a falta de um controle central dessas armas, ou seja, um banco de armas onde se possa controlar a circulação das armas desses policiais.

População armada – Outro dado assustador, divulgado pela imprensa internacional, é o fato da população estar cada dia mais armada, bastando apenas uma ocasião para que um cidadão se transforme num perigo para a sociedade, cerca de 90 por cento das armas estão nas mãos da população civil.

Nesse ponto, eu diria que a legislação centralizada é um grande problema, porque uma lei aplicada no Rio e uma lei aplicada na Amazônia, são completamente diferentes. Leis criadas para coibir, controlar, isentar, não deveriam jamais ser editadas em nível federal, esse medo do separatismo, trauma brasileiro, deixa a todos numa situação delicada, como recentemente, sobre as leis de armas.

A ideia de que as armas tem vindo de fora do Brasil, pode até ter fundamento, mas a maioria são conseguidas no próprio país.

Outro dado interessante, é a triste notícia de que a polícia do Rio está se tornando a mais bem preparada polícia, em situação de guerrilha urbana, do mundo. Talvez isso explique tantas mortes, não haverão mortes fora da população da favela, a ideia é encurtar o campo de atuação dos traficantes, em seu próprio reduto, como acontece em países como a Colômbia.

Por número de habitantes, o Brasil está perdendo apenas para El Salvador, Venezuela e África do sul, em homicídios por armas de fogo. Por outro lado o Brasil é o país onde mais morrem pessoas por arma de fogo no mundo, em números absolutos.

A situação é tão trágica que um Militar americano, atuando no Afeganistão, veio conhecer as táticas de guerrilha urbana no Rio, como são conhecidas as operações da polícia no exterior.

Em contra partida, a única coisa que tem resultados positivos, partem de projetos de ONGs, onde há um trabalho de conscientização e alerta,  abrindo a mente dos jovens para uma alternativa de vida longe do crime.

A queda de helicóptero da polícia, abatido por criminosos do Rio, deixou uma certeza: Filmes sobre favelas, ficam cada dia mais próximos do cinema de Hollywood do que para cinema nacional. Isso as ONGs terão que combater também, essa visão glamourosa do caos urbano não ajuda em nada.

By Jânio.

Anúncios

outubro 20, 2009 - Posted by | Internacional | , , , , , , , ,

12 Comentários »

  1. Saudações!
    Amigo Jânio,
    Excelente Post!
    Suas explanações estão muito bem balizadas, até porque fatos e números são difíceis para contestar.
    É uma situação delicada, mas, vamos dar um voto de confiança às autoridades para que consigam paralisar um pouco mais as atuações do crime organizado.
    Vamos torcer para que não se comprometa a realização da olimpíada, uma vez que, acontecendo, será um caos total.
    Dias melhores virão meu amigo… Vamos ao menos sonhar!
    Parabéns pelo Post!
    Abraços!
    LISON.

    Curtir

    Comentário por LISONN | outubro 21, 2009 | Responder

  2. Olá Lisonn.

    Eu tenho percebido, através de noticiários, que, ultimamente, o governo tem dado prioridade ao combate dos traficantes.

    Todos nós nos lembramos que, anos atrás, eles ameaçaram fazer no Rio, a mesma coisa que faziam em São Paulo o PCC, com tiroteios em avenidas, assustando e ferindo muita gente. Hoje seu espaço diminuiu.

    Se. no futuro, a polícia adotar essa mesma estratégia, eles continuarão acuados, mas nota-se que estão muito mais organizados e unidos, isso não é nada bom.

    Se continuar assim, as consequências só serão notadas nas favelas, nesse ponto, as ONGs tem papel fundamental, com seus projetos sociais.

    ABÇs

    Curtir

    Comentário por Jânio | outubro 21, 2009 | Responder

  3. Janio,
    Esses dados, são realmente muito graves. Por aqui a imprensa vai noticiando os acontecimentos, mas pessoalmente dou sempre aquela margem para o sensacionalismo. Mas vendo a tua explicação tenho que aceitar que a situação é mesmo gritante. O que mais me admirou foi a percentagem de armas nas mãos de civis. A organização da polícia eu sabia que era boa, e, quando falas em guerrilha urbana, vejo que essa força pode não ser muito positiva. Penso também que a prevenção é a melhor arma para combater esse flagelo.
    Excelente artigo!
    Abraços
    Luísa

    Curtir

    Comentário por Luísa | outubro 21, 2009 | Responder

    • O pior, Luisa, é que que essa violência já se espalhor por todas a grandes cidades do Brasil, o Rio é o ponto mais crítico.

      Eu vejo, na ação de autoridades, uma serta morosidade. Esse armamento anti-aéreo,eles já estão ensaiando há muito tempo.

      Por outro lada, nas praias, na cidade, a população não encontra tantos problemas com tiroteios, já houve, mas não está tão forte. Os traficantes não tem tanto poder longe das favelas, ou não querem se arriscar, já que são todos foragidos da justiça.

      Vai chegar um dia, em que os traficantes não registrarão seus nomes no Registro civil, aí a situação vai ficar ainda pior. É só o que falta, parteiras na favela, para se criar uma sub-comunidade, como na colômbia.

      ABÇs

      Curtir

      Comentário por Jânio | outubro 22, 2009 | Responder

  4. òla, ótimo texto; era questão de tempo para que isso acontecesse no Rio, o helicoptero militar foi abatido pelos traficantes mas a culpa é do Estado até o presente momento tal fato só acontecia em países que estavam em estado de grerra declarada, situação como esta eu continuo a falar que era questão de tempo. Com o fim do regime militar no Brasil a crimilalidade no Rio entrou num processo acendente de evolução, o que a mídia sensacionalista está mostrando em seus noticiarios nos ultimos dias vem acontecendo desde a década de 80, naquela época já eram empregados fuzis identicos aos que estão sendo usados pelos traficantes, deve existir fuzil que ja passou de herança de avô para neto, o Estado no Rio e também em ânbito nacional esta sendo omisso para com a segurança pública, o Rio de Janeiro é o retrado disso sujo, corrupto e omisso, mas uma coisa e certa! emquanto nosso belo povo brasileiro continuar mostrando para o resto do mundo que somos unidos que temos o poder de parar uma nação quase uma semana para dançar, beber e fazer atos libidinosos, mostramos a todos que a pesar de ser formoso pela própria natureza somos hipocritas. Só tenho a dizer que Maquiavél esta certo: “Cada povo tem o governo que merece” e se continuar assim muita coisas ainda vai cair!.

    Curtir

    Comentário por Tiago | outubro 21, 2009 | Responder

  5. Obrigado pelo comentário Tiago.

    Lamentávelmente, esses fatos tristes estão se espalhando por todo o Brasil, no grandes centros urbanos. Porto Alegre e Curitiba, onde nunca imaginávamos um dia haver crimes brutais, hoje já começam a aparecer, o pior é que os traficantes tem mania de ir morar no Nordeste.

    As técnicas que eles tem de criar um mercado de drogas, sua logística e formas de escapar da lei se aperfeiçoa cada dia mais.

    você falou nos anos oitenta, eu via os filmes de Reginaldo Farias, Milton gonçalves, achava tudo surreal, mas era a pura verdade, a truculência da polícia fazendo o povo ter mais medo da polícia, agora mílícia, que do traficante.

    As Ongs são uma luz no fim do túnel.

    Curtir

    Comentário por Jânio | outubro 22, 2009 | Responder

  6. no exterior pra mim o que eles pensam nao importam ,

    temos que parar de pensar nestes caras , O QUE ELS FAZEM PARA GENTE ? esquece estados unidos e os demais ,
    temos que pensar no brasil porque els estao perdendo favelas para o bope e estao nas outras cidades , sao paulo minas gerais espirito santo bahia !

    😀

    Curtir

    Comentário por FELIPE | novembro 30, 2009 | Responder

    • Olá Felipe.

      Você lembrou muito bem.

      A violência já se espalhou pelo Brasil inteiro, mas a visão do exterior, mostra alguma coisa que não estamos vendo, porque os políticos escondem, por exemplo, a falta de controle de armas. Sem um controle efetivo de armas, como ees podem ter a coragem de propor um referendo pelo desarmamento.

      Como uma pessoa poderia se defender, em uma região metropolitana, se os bandidos são mais fortes que a polícia.

      É bom que se diga que as armas não resolvem o problema, criam um, mas a situação, hoje, todo brasileiro deveria estar armado, pior, unir-se, pelo menos uma vez na vida.

      ABS

      Curtir

      Comentário por Janio | dezembro 1, 2009 | Responder

  7. Hi everyone! I don’t know where to start but hope this site will be useful for me.
    I will be happy to get any help at the beginning.
    Thanks in advance and good luck! 🙂

    Curtir

    Comentário por SuperMog | fevereiro 25, 2010 | Responder

  8. Hello my friend.

    You can to use the translation sites for all the people understand you. I hope that our site will be useful for you really.

    I wait for new visits of you, in portuguese of course, for my readers understand you.

    Thanks

    Curtir

    Comentário por Janio | fevereiro 25, 2010 | Responder

  9. […] Violência do Rio […]

    Curtir

    Pingback por Polícia controla favelas mais violentas do Rio « Made in Blog | outubro 15, 2012 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Marca Livro

A arte de criar histórias em prosa ou verso

bastet - protetora dos gatos

todos os animais merecem o céu e os gatos principalmente

Blog CIN 5018

Informatização de Unidades de Informação

The Promise Carrier

Ebrael's official website in English.

detudosobretudoblog

Este site vai aborda todos os temas voltado para as mulheres

Letícia Giacometti Ribeiro

O diário de uma estudante de Jornalismo

Caminho Alternativo

Geopolítica, atualidades e opinião

Escrita em Foto

Colunas, textos, fotografias; a vida de alguém que busca mais do que apenas viver.

%d blogueiros gostam disto: