Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

O indexador Ocioso não tem limites.

indexador sem limites

indexador sem limites

Eu aprendi a não subestimar uma rede social, indexador de notícias, agregador de blogs ou qualquer outra ferramenta geradora de tráfego para nosso blog, mas eu não era assim.

Quando eu tive a ideia do icommercepage.com, a blogosfera ainda engatinhava. Apesar de algumas ferramentas que estavam surgindo, uma ferramenta que eu não levava a sério era o gerenciador de blogs, eram dezenas de gerenciadores disputando um lugar ao sol.

A ideia de ter uma comunidade ou dez comunidades com mil usuários,  dentro de uma rede como o Orkut, mil usuários é o máximo de membros que o Orkut comporta em cada comunidade, notaram a supremacia total da Twitter? – eu nunca poderia imaginar que, um dia, a Twitter viraria a fogueira de vaidades, de celebridades da tv.

Eu sempre imaginei a interface de um blog, algo limitado, se eu imaginasse que, um dia, uma empresa chamada Twitter, lançaria um gerenciador de microblogs de mesmo nome, com capacidade quase ilimitada, eu teria prestado mais atenção.

Um sistema para a WEB 2.0, é como um carro zero, você não pode colocar um motor da Ferrari num Gol Mil, ele foi feito para a Ferrari. Um sistema depois de pronto, fica inviável determinadas mudanças, o Twitter já foi criado para esse ambiente interativo, principalmente o da blogosfera.

Hoje um outro sistema teria que ser muito melhor para superá-lo, já que as pessoas se acostumaram com ele.

O aprendizado da pior maneira, é mais duro, mais se aprende mais. Assim, não demorou muito para que eu notasse alguns blogs despontando, em sites de auditoria de tráfego, como o Alexa.com por exemplo.

Através do Alexa eu poderia monitorar a concorrência, foi aí que eu notei que os blogs haviam deixado de ser apenas um diário virtual, passando a ser divulgadores das mais variadas culturas.

Conhecia a força do blogspot, mas continuei com meu site. Quando tomei conhecimento da WordPress, fiquei me perguntando como uma empresa poderia oferecer tantas ferramentas de graça, oferecendo uma verdadeira aula para um iniciante, amador, ou apenas experimentador da ferramenta.

Pela primeira vez, eu cogitei a possibilidade de abandonar o site, onde seria preciso uma boa equipe, trocando por um blog, onde milhões de pessoas usam a mesma plataforma, gerenciado pela mesma equipe. No caso do gerenciador de microbloging da Twitter, deverá ultrapassar um bilhão.

Para a divulgação dos serviços do site, a gente sempre procurava sites de classificados, diretórios de links, trocas de banners, troca de visitas, sites de buscas, etc, esses sites ainda são muito úteis para quem tem interesse por pagerank, já que são ótimos para se criar links.

As referências de qualidade eram bem mais variadas, Yahoo, Msn, Google, Altavista, Uol, etc, o topo das buscas era fundamental, principalmente nas palavras estratégicas, os SEOs, especialistas em otimização em buscas eram muito solicitados.

A democratização da internet, veio com os blogs, a Google, estrategicamente, sentiu que os textos e a atualização dos sites era a melhor forma de avaliar a qualidade de um blog, isso  passou a ser feito pelo Yahoo também.

Quem saiu ganhando foi própria  Google,com a democratização da internet, todos os sites foram nivelados, ficando a Google quase sozinha no topo, não fosse a companhia indesejada da Yahoo, que tentaram comprar sem sucesso.

Entre os blogueiros de ponta, os pro-bloggers, iniciou-se uma democratização maior ainda, onde ensinavam como se conseguir tráfego, de certa forma, isso nivelou os blogs por baixo, deixando a nata por cima.

Então surgiu a WEB 2.0, com suas ferramentas fantásticas, novas redes sociais explodiram no mercado, concorrendo com o Orkut, indexadores de notícias, agregadores de blogs, novos gerenciadores de blogs atualizados, sistemas RSS, e, tudo o que se vira até o momento perdeu o sentido.

Começou-se a duvidar do pagerank, as visitas aumentaram, iniciou-se uma campanha por uma internet mais dinâmica, mais segura e, principalmente, de maior qualidade de conteúdo. Todo mundo passou a linkar a todos aqueles artigos de seu interesse; a imagem pessoal e a política de boa vizinhança ganhou muito mais força.

Até o No Follow que deveria ter se revelado uma tremenda encrenca, passou totalmente despercebido. Os fanáticos pela Google levaram muito a sério tal ferramenta e quebraram a cara, seus sites simplesmente desapareceram do mapa.

Mas como a tecnologia não pode parar, duas redes se destacaram, em termos de qualidade de conteúdo:

Dihitt – Uma rede totalemete voltada a cultura, deixando os blogs tradicionais meio na contramão. Nunca vi uma rede com tantos professores, filósofos, pastores, escritores, poetas, jornalistas e outros intelectuais com capacidade para divulgar seus conhecimentos.

Via6 – Antes conhecido como rec6, o Via6 é uma referência, em termos de formação de redes de contatos e intercâmbio de empresários. Indexa notícias muito bem, a exemplo do Dihitt.

O mais novo fenômeno é, sem sombra de dúvida o Ocioso, http://www.ocioso.com.br – o site tem se revelado um grande divulgador de notícias. Seu potencial é tão grande que todas as referências imagináveis perdem o sentido.

Tudo o que se viu, até agora, em termos de divulgação e publicidade, perdem o sentido, até a Google, como referência, perde a importância, quando se acerta uma notícia no Ocioso.

O Ociso é uma rede que merece ser estudada com cuidado, suas tendências, suas funcionalidades, principalmente, qual é o perfil dos usuários e visitantes que visitam o site. O Ranking não é feito por voto, é feito por clicks únicos, não repetidos pela mesma pessoa, correspondendo ao número de visitas no link de nosso site.

O primeiro pacote de links enviados por mim, eu tive a sorte de acertar um, “Teoria Infernal”; no segundo pacote, também com três artigos, enviei um sob medida, “Dançando com o Diabo”, acertei em cheio.

Esta semana, enviei o terceiro pacote, com mais três artigos. Dessa vez eu tive a felicidade de acertar todos os três links, todos na primeira página.

Se, na primeira remessa, eu tive 1.400 visitas; na segunda, eu não tive tantas visitas, mesmo assim, mil visitas não é pouco.

Nessa última, criei um link especialmente para o Ocioso, “Xixi nas calças é sinal de saúde”, os outros dois também foram aprovados: “Como surgiu a Twitter” e “Animais engraçados”. Resultado, um novo recorde, quatro mil e quatrocentas e vinte e cinco visitas, em um único dia.

Decididamente, não dá para subestimar a internet. Vi muitos Hypes malucos como uma página em branco, para publicidade, blogueiros pedindo para cliccar em um site, sem pé nem cabeça; parecendo-me uma crítica a Google.

Todo tipo de webmarketing está me parecendo uma brincadeira de criança.

Com a Google, Yahoo e o outros sites de referências, parece que os internautas elegeram a WEB 2.0 para tutor de conteúdo da internet.

O que antes parecia loucura, agora é realidade. Portais criando publicidade e links em blogs.

Leia mais:

https://icommercepage.wordpress.com/2009/09/13/como-conseguir-mil-visitas-gratis-em-um-dia/

By Jânio.

outubro 4, 2009 - Posted by | Redes Sociais | , , , , , , ,

17 Comentários »

  1. Jânio,
    Parabéns pelo seu post.
    É de muita importância para os iniciantes como eu.
    Estou tentando aprender. Voce sabe que o meu propósito é evangelístico, pois a grande maioria da blogosfera tem más referências quanto à igrejas e ao evangelho.
    Tento através de minhas postagens quebrar essas diferenças, desenvolvendo amizades e aproximando-os do evangelho de Jesus Cristo.
    Seu artigo para mim é importante, pois não tenho grande conhecimento. Já tentei me cadastrar no Ocioso, mas me deparei com um problema simples que não soube resolver. Precisava de uma foto com baixa resolução. Mas lendo o seu post, vou resolver isso. Também não me adaptei ao Twitter, mas vou tentar fazer algo a respeito.
    Um abração e obrigado.
    Fique na paz.

    Curtir

    Comentário por Altemar Rocha | outubro 4, 2009 | Responder

    • Olá Altemar, obrigado pela visita.

      As dificuldades apresentadas por você, eu também compartilho, não entendo nada de Twitter, me cadastrei e uso o Dihitt para enviar os artigos. Resumindo, o Dihitt faz a tarefa.

      No caso do Ocioso, eu já enviei um e-mail para a equipe simplificar o cadastro, Aquele cadastro apresentado pelo site é incompatível com a internet de hoje, onde os cadastros são extremamente simples, como é o caso do Dihitt.

      Um tema muito frequente em comunidades de tecnologia é a questão da usabilidade, ou seja, quanto mais simples o site, maior a perspectiva de sucesso do projeto. Alguns sites, como o Facebook pecam nesse quesito, na minha opinião.

      Cada dia que passa há um incremento considerável de usuários de internet, de certa forma até as barreira de linguagem já foi quebrada. Eu me lembro dos primeiros tradutores que irritavam o meu inglês básico, “the book on the table”, hoje, com o aumento das memórias e servidores, os tradutores conseguem, não só traduzir as palavras, como traduzem frases inteiras, estamos muito próximos de conversar com as máquinas, tamanha a capacidade de suas memórias, portanto, usabilidade é o mínimo que se espera desses sites.

      O Ocioso não precisa se cadastrar não de oito em oito dias ele abre o sistema para visitante enviar links, eu não sou cadastrado.

      Um abraço forte.

      Curtir

      Comentário por Jânio | outubro 4, 2009 | Responder

  2. muito interessante sua postagem, não tenho twiter e só faço parte do dihitt, vale a pena se filiar a outras redes para conseguir mais tráfego em meu blog? poderia me dar sugestões}?

    Curtir

    Comentário por wanderchef | outubro 4, 2009 | Responder

    • Até a pouco tempo atrás, eu diria que o Dihitt era o único indexador eficiente para blogs iniciantes, além de atrair muitos comentaristas inteligentes, diminuir o risco de se pegar virus em sites que não se conhece, o Dihitt ainda envia as notícias para o Twitter, outra rede que eu comecei a perceber seus efeitos a pouco tempo. Basta se cadastrar no Twitter, entrar em configurações do Dihitt e digitar o login e senha do Twitter e o Dihitt faz tudo.

      O Ocioso não tem o famoso resumo de notícia, indicação para os amigos , etc. A única forma de chamar a atenção, no Ocioso, é pela imagem e pelo título, basta uma visita rápida ao ocioso para notar esta estratégia, os títulos e as imagens. O conteúdo tem que ser razoável e interessante, para que o administrador publique a notícia.

      Finalizando, qualquer pessoa que queira aprender a divulgar suas notícias pela internet, deve ter um blog no WordPress, mesmo que seja só para ver como funciona. O WordPress dá uma aula de Marketing de Busca e divulgação.

      Alguns blogs, além dos comentários, tem uma lista dos sites que mais visitaram ou links mais clickados, eu considero uma grande ferramenta, foi assim que eu conheci o Dihitt e o Ocioso.

      Um forte abraço.

      Curtir

      Comentário por Jânio | outubro 4, 2009 | Responder

      • Com certeza o WordPress dá de 1000 a zero em termos de divulgação, apesar das restrições a html e não podermos editar o template no modo gratuito…mas em termos de divulgação e tráfego é ótimo!! Só pena que não conheço nenhuma rede de seguidores no wordpress, como o google friend connect, apenas aquele feed no painel mesmo…é chato aquilo!! Às vezes nem me lembro dos feeds.

        Me lembro que estou há mais de uma semana sem postar nesse meu blog do wordpress, devido à atenção q estou dando ao meu blogspot, por causa do template novo (que importei de um tema de wordpress, kkkk), continuo tendo uma média de 200 visitas diárias, sem ajuda de twitter nem ocioso nem dihitt, todos os clicks em artigos antigos e de bom conteúdo.

        O que faz o wordpress diferente é que ele divulga dentro da própria rede de tags exclusivas do wordpress, sem concorrer dentro dos buscadores, isso faz do wordpress uma imensa panelinha por temas. Eu vejo isso no painel, a maioria das visitas é de procura por tags dentro da rede wordpress, isso sem contar com redes de “seguidores”….no blogspot, com seguidoresm dihitt e twitter não consigo a metade das visitas q eu consigo no wordpress, sem esforço e sem postar diariamente…

        Abçs!!

        Curtir

        Comentário por Ebrael Shaddai | outubro 5, 2009

  3. Olha amigo sou novo só 2 meses e tenho apanhado muito, a pouco levei uma saraivada que estou tonto aqté agora, tenho que aprender muito, mais a luta continua.
    Abraços forte

    Curtir

    Comentário por Pincipe Encantado | outubro 4, 2009 | Responder

  4. Realmente, o Ocioso e o twitter são duas ferramentas que ainda não parei para prestar atenção!! Mas se eu tivesse mais tempo diário, eu com certeza seguiria hjmesmo as suas dicas, Vou frequentar mais o Ocioso, já que comentar no dihitt me toma um tempão.

    Ainda sou amador, deu pra notar??

    kkkkkk

    Até mais!!

    Curtir

    Comentário por Ebrael Shaddai | outubro 4, 2009 | Responder

    • Hehehehehehehe

      Apesar de sua pouca participação no Dihitt, você tem uma participação mais efetiva do que a minha, eu tenho relaxado bastante, também por falta de tempo.

      O grande barato do Dihitt, é a inteligência de seus membros, cada um formado em uma área diferente, é fantástico.

      A maioria já sabe o conhecimento que tem a passar, já descobriu que o tempo em que a blogosfera era apenas um diário, um passatempo, já passou a muito tempo. Devemos respeitar as origens de diário virtual dos blos, mas hoje ele se tornou um website, ou seja, é mais compensador ter um blo que um portal, as agências de publicidade, recentemente, elegeram os mil blogs de maior potencial estratégico, eu acredito que haja muito mais que isso, mas tudo bem.

      O Ocioso tem essa vantagem que você falou, não implica em uma participação tão efetiva.

      Um grande abraço, obrigado pela visita.

      Curtir

      Comentário por Jânio | outubro 4, 2009 | Responder

  5. Olá amigo, um veterano de internet me disse que quando se entra na internet, nos tornamos públicos, damos a cara a tapa.

    As críticas só nos são úteis quando nos ensinam algo, caso contrário, são inúteis, nesse caso você deve se concentrar nos elogios, deixando as críticas de lado.

    A internet possui muitas vantagens que a gente não cansa de enaltecer, por outro lado, apresenta um grande incoveniente, a rede social Dihitt não permite apagar os comentários, já aconteceu de eu falar besteira, me arrepender, e não ter como apagar.

    Já presenciei grandes conflitos também no Dihitt, já separei muita briga no Dihitt também.

    Uma coisa que as pessoas não entendem é que brigas em redes sociais não levam a nada, as redes sociais são públicas, devemos evitar isso. O mundo inteiro está vendo o que estamos escrevendo, antigamente, eu tinha muito limitação para escrever na internet, devido a esta super exposição, já perdi amigos no Twitter por causa disso també, no Twitter também não dá para apagar.

    Fora isso, o blog continua reinando absoluto, ninguém sabe o que eu tenho que ler de crítica me derrubando, me xingando, falando um monte de besteira de mim, mas eu não publico os comentários, o cara perde todo o seu tempo.

    Não se preocupe com as críticas amogo, com o tempo, você verá o que você esta fazendo errado, o que está certo, vai adquirir uma capacidade de assimular melhor os ataques.

    ABÇs

    Curtir

    Comentário por Jânio | outubro 4, 2009 | Responder

  6. Acompanhei com interesse todo o texto e tenho umas pequenas considerações a fazer. Não acho os blogueiros devam gerar conteúdo específico para passar em tal, ou qual agregador. Deveriam, isto sim, se empenhar em conteúdos que espelhem a sua proposta de trabalho, porém, com uma roupagem moderna e cativante que atraia os visitantes.
    Tanto o Ocioso, quanto Uêba, Linklog, etc., buscam diversidade temática e publicam até textos mais densos, desde que despertem a atenção do seu público.
    Eu sempre me ralei com os agregadores Digg-Like do tipo Via6, Dihitt e assemelhados, porque são dominados por panelinhas de perfis fakes que ficam votando nos seus próprios links, a feliz exceção que me tem trazido alguns frutos é o Link Ninja.
    No mais, tenho concentrado os meus esforços nos agregadores com editores humanos no comando e realmente eles tem carreado mais visitação do que o Google.
    Obrigado pela visita e comentário lá no Blogpaedia!

    Curtir

    Comentário por Isaias Malta | outubro 5, 2009 | Responder

    • Nossa, mandou bem Isaías, gostei muito do seu comentário, você fez uma análise bem detalhada e eu concordo com o que você disse, sobre agregadores com editores humanos.

      Quando eu me referi em blogs temáticos, eu fiz uma reverência aos profissionais que tem blos, não tem nehum interesse em tráfego, apesar de serem os melhores blogs para pesquisas e conteúdo direcionado a um público específico. Esses blogueiros levam a sério a idéia de passar conhecimento.

      O meu blog também é de variedades, acredito que mesmo um blog temático, mais cedo ou mais tarde ele passe a adotar a linha de vários temas. O fato de eles terem uma seção especializada, agrega um valor enorme ao blog, na minha opinião.

      Assim como você, eu me ralei pela internet, até encontrar o Dihitt, é ele quem me dá os comentaristas mais inteligentes e interessantes. Por outro lado o Ocioso me deu visitas em uma semana, o que eu levava um ano para conseguir antes.

      Finalisando, eu gostei muito de seu blog, gostei de vê-lo no topo do ocioso, com cerca de dez mil visitas, foi fatástico.
      Eu tenho notado que nem todos se dão bem em todas as redes, eu, particularmente, só comecei a receber visitas do Orkut e Twitter, recentemente, quando o icommercepage/madeinblog ficou mais conhecido.

      Gostei muito de sua indicação do Link Ninja, ainda não o conheço, mas tenho certeza que muitas pessoas vão querer conheçê-lo.

      Um grande abraço.

      Curtir

      Comentário por Jânio | outubro 5, 2009 | Responder

  7. Jânio,

    The best este seu post! Hoje, mais cedo, comentei uma notícia acerca de rede social no Análise Blogueira, e falei das dificuldades que ainda tenho para divulgar melhor os meus blogs. Em me recuperando da saúde, terei mais disposição para “fuçar” mais as coisas e prestigiar matérias como esta que publicou.

    Este seu depoimento é a injeção de ânimo que procurava. Ao dizer que no início não levava a sério o gerenciador de blogs, responde as muitas dúvidas que temos, principalmente a: será que funciona mesmo? Suas palavras dizem que sim.

    Obrigado por tudo,

    Abraço do amigo,

    Antonio

    Curtir

    Comentário por Antonio Regly | outubro 5, 2009 | Responder

  8. Olá Antônio, desejo-lhe muita saúde.

    Primeiramente, devo salientar que os blogueiros, de um modo geral, precisam fazer um pouco de ginástica, yoga ou fisioterapia, como eu disse, recentemente, para para uma leitora.

    Tenho notado muita gente passando por cirurgias: Bianna, Pastor Garcia e você, entre eles. A vida de blogueiro não é bom que se torne sedentária.

    Eu me lembro do que disse minha fisioterapeuta, há muito tempo; “O fato de você estar na cama, não quer dizer que você pode relachar. Aí, é que você deve mexer mais o corpo”.

    A WEB 2.0, em combinação com a Google fez uma revolução na internet. É muito comum um blog ter mais audiência portais, divulgar portais e empresas, e, agora, virar alvo dos publicitários.

    Antes de ontem, vi a a MTV premiando blogs, usuário de Twitter e levando-se em conta a fogueira de vaidades que virou o Twitter, já que o Orkut só permite mil usuários, o Twuitter é ilimitado.

    Recentemente houve aquela corrida de grandes portais atrás de blogueiros famoso – Lembra? – UOL, ig e Globo pescarma muito colunista na blogosfera. A ig levou a melhor, é claro.

    A internet continua…

    Abraço forte.

    Curtir

    Comentário por Jânio | outubro 5, 2009 | Responder

  9. Oi Janio, ótima analise.
    Sabe, acho que cada vez mais, querendo ou não, a internet está tomando conta de nossas vidas…
    abs

    Curtir

    Comentário por ana lucia nicolau | outubro 5, 2009 | Responder

  10. É verdade Ana, todo bom profissional deve ter um blog, nem é preciso um portal. O importante é crar um novo canal de comunicação com seus contatos, o blog é o melhor contato de comunicação que existe.

    ABÇs

    Curtir

    Comentário por Jânio | outubro 6, 2009 | Responder

  11. Otimo post, mas aqui as comunidades no orkut suportam mais de milhoes de membros e não somente mil como vc falou. ( ja vi uma de 1 milhao de membros)

    eu mesmo tenho uma com 7 mil membros e uns quebrados.

    Curtir

    Comentário por Catrak | outubro 16, 2009 | Responder

  12. Obrigado pela correção, amigo.

    Enquanto eu usava o Orkut, só era permitito adicionar mil pessoas. Pelo que você disse, o Orkut evoluiu bastante, preciso me atualisar.

    ABÇs

    Curtir

    Comentário por Jânio | outubro 17, 2009 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: