Made in Blog

Divulgação, internet, downloads, blogs, web2.0

Palinopsia transforma o cérebro em Matrix

palinopsia

Efeito Matrix

“A palinopsia é um sintoma pouco frequente, embora de difícil diagnóstico, já que não pode ser facilmente identificado através de clínica geral e, portanto, não se aprofunda no tratamento”, opina o neurologista espanhol Eduardo de Pablo, que descreveu recentemente um caso observado no Hospital 12 de Outubro, em Madrid, Espanha.

Sua paciente, uma jovem de 23 anos, via imagens superpostas de objetos em movimento, “como os agentes do filme “Matrix”, esquivando-se das balas de Neo”, segundo descreveu a jovem.

Além disso, um professor venezuelano relatou que via imagens que já havia visto minutos ou horas antes, e que voltavam a aparecer da mesma maneira, mas em locais diferentes. O professor foi diagnosticado com palinopsia, provocada por um tumor benigno que detectaram em seu cérebro.

Rafael Muci, membro da Academia Nacional de Medicina da Venezuela, salienta que “é um sintoma que os médicos não estão dispostos a se aprofundar, tampouco os pacientes se queixam. Principalmente se estão intactos neurologicamente, sentindo-se bem, mesmo sem tomar medicamentos.

Tecnicamente, esta multiplicação de imagens com um único estímulo visual “é geralmente considerado um desequilíbrio transitório do cérebro, incapaz de afetar a informação espacial e visual de maneira consistente”, explica De Pablo. Este sintoma estranho também tem sido observado em pessoas que receberam golpes na cabeça e que estavam sob a influência de antidepressivos e quimioterapia, como drogas como a marihuana e o ácido lisérgico (LSD).

“Estes sintomas e sua associação com os diferentes tipos de lesões, são muito úteis para compreender melhor tanto as funções das diferentes áreas do cérebro, como as associações entre elas, as vias de comunicação e os neurotransmissores, as moléculas para transmitir informações entre neurônios”, explica o neurologista espanhol.

“Esses mecanismos são comuns à várias doenças, o que pode proporcionar tratamentos comuns, dependendo da causa”, acrescenta.

Os cientistas dizem que estudo palinopsia, sintoma de que uma imagem observada reaparece depois de horas ou na vida parece em ‘Matrix’, poderia ser muito útil para entender melhor as funções das diferentes áreas do cérebro.

Fonte: RT

Sonambulismo

Em estado de transe

O mistério do sonambulismo

A obscura natureza da mente humana

O que uma pessoa com epilepsia sente

Epilepsia – Quando a mente tem um ataque

O despertar para a superconsciência

  • Sonhos Lúcidos
  • Lado obscuro da mente
  • Pesadelos reais
  • Significado dos Sonhos
  • fevereiro 10, 2014 Posted by | Ciências | , , , , , | 1 comentário

    Amnésia – A zona cega do cérebro

    apagão cerebral

    Perdido na Escuridão

    Quando uma pessoa sofre distúrbio(s) na memória, pode perder a capacidade de reter informações novas ou evocar informações antigas.

    Esses distúrbios podem ser provocados por traumas físicos (acidente, queda, pancada, derrames, envelhecimento, etc) ou psicológico (emoções fortes), recebendo o nome de amnésia.

    Até há pouco tempo atrás, havia apenas a memória cerebral, hoje temos também a memória digital. Quanto mais analisamos a memória digital, mais ela se parece com a memória cerebral, inclusive na caso da perda de informações; isso nos passa uma idéia prática daquilo que seria apenas teórico.

    Tudo o que os médicos estudam e tratam, é baseado nos relatos e informações fornecidas pelos próprios pacientes, dando um caráter teórico a esse processo. Já no caso da memória digital, isso é muito mais prático.

    Isso já pôde ser verificado por Freud, ao hipnotzar sua paciente, ela jamais teria revelado espontâneamente suas relações incestuosas. Além disso, mesmo sob hipnose, as experiências podem não ter ocorrido, ficando apenas no imaginário, transe, sonho lúcido.

    A perda da memória digital, lembra muito a amnésia, assim como a dificuldade de acesso a “arquivos” de informação.

    Muita gente chega a dizer que o ser humano é uma máquina perfeita, devido a sua eficiência, tanto na funcionalidade dos órgãos, quanto no desenvolvimento para a proteção desses órgãos, como é o caso do cérebro.

    A região onde está a memória, é uma das partes mais protegidas do cérebro, raramente é afetada totalmente. Quando isso ocorre, pode ocorrer a amnésia permanente ou temporária, mas a memória não deixa de funcionar.

    A amnésia pode ser anterógrada, quando a pessoa não lembra de fatos recentes, após o trauma, lembrando dos fatos antigos.

    No caso da amnésia retrógrada, a pessoa não consegue lembrar de fatos antigos, antes do trauma, lembrando dos mais recentes.

    Há cinquenta anos atrás, um neurocirurgião americano fez uma cirurgia para retirar partes do cérebro de um paciente com convulsões, a cirurgia propiciou a cura que não era obtida pelos remédios, mas provocou uma amnésia anterógrada forte. Recentemente, foi inventado um dispositivo que ajuda a controlar a mente, objetivando o controle de algumas doenças.

    Uma amnésia global ou transitória, pode durar de duas a vinte e quatro horas, depois desse tempo, ela se recupera, o indivíduo passa a ter um comportamento normal, permanecendo um espaço em branco nesse período – Isso é o que eu chamaria de desfragmentação do disco, quando o assunto é computação.

    Esse tipo de amnésia é de difícil diagnóstico, por apresentar características tanto de amnésia anterógrada, quanto retrógrada. Acredita-se que possa ser ocasionada por baixo fluxo sanguíneo, seu diagnóstico pode ser complexo, mas a cura é simples.

    Além da amnésia global transitória, há a amnésia global, esse caso não é tão simples, provoca a demência. Pode ser provocado por traumas graves, ou intoxicões por monóxido de carbono.

    A amnésia psicogênica ocorre após traumas psicológicos, volta ao normal após alguns dias, mas pode apresentar falhas. Caso as falhas sejam comprometedoras, pode ser usado terapias cerebrais para a recuperação dessas informações.

    Nesse tipo de amnésia, a própria mente pode criar obstáculos subconcientes, devido as emoções serem muito fortes. Sendo retrógrada e anterógrada, exige um tratamento adequado.

    Síndrome de Korsakoff – Amnésia anterógrada grave provocada pelo alcoolismo crônico, o que leva a falta de vitamina B1 no cérebro. A pessoa lembra o que já aprendeu, mas tem dificuldade de coordenação e novos aprendizados, não sente os dedos dos pés ou das mãos.

    Amnésia alcoólica – Ocorre quando a pessoa bebe demais ou em pessoas que bebem apenas socialmente. Nesse caso a pessoa permanece consciente, mas não se lembra de nada (quando estava alcoólica) depois que o efeito passa.

    OBS: Apesar dos dados científicos aqui citados, esse texto não representa necessariamente a opinião do autor. Em casos como amnésia psicogência, por ser demasiadamente teórica, ou no caso do alcoolismo, onde eu tenho notado casos de lembranças claras.

    Pessoas bêbadas preferem não se lembrar, mas há uma exceção, no caso de um amigo meu. Ele é um alcoólico assumido, além de ser muito bravo – Mexer com ele bêbado, pode trazer sérias consequências.

    Há outros casos, mas esse eu estudei bem de perto.

    Fontes:

    Wikipedia

    Brasil Escola

    Texto: By Jânio

    abril 21, 2011 Posted by | Ciências | , , , , , , | 7 Comentários

    A incrível história do bebê de 29 anos

    maria aldenete

    Bebê de 29 anos

    Uma mania que nós temos, banalizar dramas reais, crimes policiais e políticos,  poderia ser explicada pela maneira como isso é divulgado, sem público nem horário certo. 

    Nem é um caso para a censura, bastaria que a empresa deixasse de pensar em dinheiro, separando o material e o público que pretente atingir.

    Há casos reais, onde o drama das pessoas não deve ser visto como um produto a ser oferecido em horário nobre, mas em horários onde as pessoas certas possam refletir melhor. Na maioria desses casos, não deveria haver a necessidade de se oferecer esmolas a essas pessoas, mas exigir que o Estado cumpra com sua obrigação, nomeando a pessoa que deverá cuidar desse problema social.

    Durante a minha infância, conheci muita gente deficiente, a maioria enfrentava o preconceitos. A maioria mora em regiões metropolitanas hoje, onde há mais associações direcionadas para esse povo.

    No sertão do ceará, em Caucaia,  um caso que comoveu o Brasil inteiro, foi o caso de um bebê de 29 anos de idade que não cresceu. Não é um caso de altura, como outros que temos citados, mas um caso de envelhecimento, ou ausencia desse.

    Segundo informações da própria família, Maria Aldenete tem problemas na glândula endócrina, motivo pelo qual ela não envelheceu, permanecendo bebê.

    O descaso teria sido das autoridades pública da saúde, já que a família não tinha condições financeiras para cuidar da menina. Se fosse tratada, quando ainda era bebê, o problema poderia ter sido resolvido.

    Esse caso me lembrou de outro, o Ferrugem, mas no caso do Ferrugem, celebridade que estampava capas de livros de Matemática, o caso não aconteceu quando ele era bebê, como é o caso de Maria Aldenete.

    Maria Aldenete virou manchete de jornais e telejornais, caso a família cobrasse cachê, seria suficiente para cobrir as despesas da menina pelo resto da vida.

    Vivendo graças a doações, Maria Aldenete é criada pelo pai e pela madrasta. Com vinte nove anos, ela é um eterno bebê.

    Na fase em que nasce, o bebê precisa de atenções especiais, quando o profissional da saúde toma as devidas precauções, nada de anormal deverá acontecer. O acompanhamento peso/altura é fundamental até os treze ou catorze anos, quando o corpo entra no estágio final de desenvolvimento.

    Mesmo em cidades pequenas, poderia-se ter encaminhado o bebê para a capital, onde os hospitais Universitários teriam tratado gratuitamente. Nesses casos, um bom advogado também ajudaria bastante, mas os brasileiros não estão acostumados com justiça.

    eterno menino

    Distúrbio do crescimento

    By Jânio

    setembro 28, 2010 Posted by | curiosidades | , , , , , , , , | 12 Comentários

       

    Seguir

    Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

    Junte-se a 217 outros seguidores

    %d blogueiros gostam disto: