Made in Blog

Divulgação, internet, downloads, blogs, web2.0

Tirando a roupa para mudar o mundo

Um tema, para ser polêmico, deve mexer com todos os conceitos médio-burgueses da sociedade, como religião, sexualidade, moral e bons costumes, etc., o que será analisado, inevitavelmente, sob o ponto de vista machista da sociedade.

Como tudo o que envolve a classe média, ela sempre apresenta o pré-julgamento, podendo apresentar ambos juízos, culpado ou inocente.

O caso do pudor é um exemplo disso, nesse caso, se é protagonizado  por uma mulher,  a sociedade tem um pré-julgamento previsto em lei, se a pessoa envolvida no caso é um homem, o crime apresenta uma visão totalmente diferente do fato. Isso pode até não ter muita importância à princípio, mas pode influenciar e distorcer a verdade, como ela deveria ser.

Vamos partir do pressuposto que qualquer pessoa que cometa um crime, seja doente, isso abriria um precedente para que qualquer pessoa fosse inocente de um crime, expondo a sociedade a toda e qualquer sorte de criminosos, que se aproveitariam dessa brecha na lei. Você pode até ficar espantado, mas isso acontece; há casos em que o criminoso consegue comprovar doença mental, ou o contrário, comprometendo o veredicto.

A nudez expõe essa distorção, colocando em cheque a chamada moral e os bons costumes; novamente, as principais instituições da classe média são colocadas a prova.

Recentemente, um artista ficou nu, sua idéia era ver a reação das pessoas; enquanto, normalmente, a nudez é vista em esculturas, revistas, ou outras formas de comunicação.

A nudez do artista, ao vivo, que não deveria se mexer, passando a mesma idéia, chocou muita gente, mas sem maiores consequências.

Um senhor idoso, veja foto, pensando conhecer a cultura do Brasil, esqueceu-se que o pensamento burguês,  aqui, é igual em qualquer parte do mundo. Resultado: acabou preso, ao trocar de roupa em um aeroporto cheio de pessoas.

nudez proibida

Trocando de roupa no aeroporto

Primeiro, vamos nos lembrar que um artista, ou qualquer manifestação cultural, sabe o preço e os riscos de seu ato, é preciso que a finalidade fique muito bem definida, ao olhos da sociedade.

Ao longo dos tempos, a nudez é um dos tabus em maior contradição, mesmo assim, não apresenta um consenso em qualquer época que seja. Por isso, vamos nos ater aos fatos mais recentes, que foram presenciados por um maior número de pessoas também.

Logo após a primeira e segunda guerras, outros confrontos ameaçaram uma terceira guerra mundiais. Mesmo com características de guerra cívil, o Vietnã e a Coréia mostraram como o mundo se encontrava frágil. Apesar de menos catastrófico, essas guerras provocaram muitas dores e sofrimentos nas pessoas, dos poucos países envolvidos, principalmente os Estados Unidos e a Rússia.

guerra do vietnã

A origem dos protestos

Para curar a paranóia ameaçadora da Guerra Fria, nada melhor que um choque na mente dos brigões. Foi assim que começaram as passeatas de nudistas, protestando contra as guerras, culminando com o festival de Woodstock, onde concentrou-se os manifestantes mais radicais, os roqueiros.

primeiro protesto

a nudez de woodstock

Além do festival de Woodstock, outras manifestações, onde as pessoas se utilizaram da nudez para chocar a cociedade, aconteceram pelo mundo, e no Brasil também. Apesar de, aparentemente, ser um tipo de manifestação de países desenvolvidos, não se espante se um dia der de cara com um monte de gente pelada vindo em sua direção, mas não se esqueça, tem que ter bandeirinha, ou faixas e cartazes na mão, como naquele filme de Charles Chaplin.

Com a chegada da internet, os rebeldes com causa se organizaram rapidamente. Algumas manifestações se formam rapidamente, dissipando-se como começaram. Pode parecer brincadeira de bôbo, mas podem acontecer no mundo inteiro, com a ajuda do mais belo exemplo de Marketing viral, via internet.

Assim surgiu a passeata dos ciclistas, para protestar contra o trânsito louco das grandes cidades. No brasil, só aconteceu em São Paulo, mas as metrópolis do mundo inteiro sentiram a força dessa manifestação.

ciclistas pelados

protesto contra o trânsito

A última manifestação, da última semana, foi uma brincadeira chamada improvise, onde todos os manifestantes ficavam só de cuecas ou de calcinhas. Segundo os organizadores da passeata, a finalidade era fazer as pessoas rirem; esse era um detalhe importante, fazer uma pessoa rir.

No metrô de Nova York, com um frio muito abaixo do zero, não deixou de chamar a atenção. Detalhe: tando a manifestação dos ciclistas, quando a manifestação do improvise, deverá acontecer todo ano, ganhando mais adeptos ao longo dos anos.

iabaixo de zero

protesto para sorrir

Uma manifestação bem brasileira aconteceu depois do escândalo da Uniban, mas não foi na Uniban. A manifestação foi na UNB, em Brasília, mas a finalidade era contra a violência sofrida pelas mulheres na faculdade. 

protesto da unb

Depois do escandalo da Uniban

Notem que as paranóias, desrespeitos, corrupção e outras anomalias sociais, são o reflexo da própria sociedade. Até a má gestão pública, ou de instituições privadas, reflete a educação, a cultura de um país, mesmo que os maiores responsáveis sejam os executivos dessas instituições, afinal nós demos a educação a eles, além de sermos tolerantes com seus crimes.

By Jânio.

About these ads

janeiro 22, 2010 - Posted by | Reflexões | , , , , , , , ,

8 Comentários »

  1. Saudações!
    Que Post Fantástico!
    Amigo Jânio, o seu texto nos remete a refletir sobre tantas coisas no mundo em que vivemos, e, me levou a relembrar de um preceito atribuído a Sócrates, “O que deve caracterizar a juventude é a modéstia, o pudor, o amor, a moderação, a dedicação, a diligência, a justiça, a educação. São estas as virtudes que devem formar o seu caráter.”
    Parabéns por mais um magistral texto!
    Ótimo Post!
    Abraços,
    LISON.

    Comentário por LISONN | janeiro 22, 2010 | Resposta

  2. Olá Lisonn.

    Sócrates era um grande pensador, suas palavras devem sempre ser levadas em consideração. Foi uma das muitas vítimas da própria sociedade, a quem se dedicava tanto.

    Obrigado pelo coment.

    ABS

    Comentário por Janio | janeiro 23, 2010 | Resposta

  3. [...] LEIA MAIS… [...]

    Pingback por Tirando a roupa para mudar o mundo | Linka Sites | outubro 31, 2010 | Resposta

  4. Ainda acho inútil os protestos ‘sustentáveis’ nudistas… Usar roupa mostra nossa preocupação em seguir uma ética existente em nossa sociedade. Tanta coisa importante pra fazer e vem gente idiota tirando a roupa…

    Quem quiser, acesse: http://monologosescritos.blogspot.com

    Comentário por Lucas Dos Santos | julho 22, 2011 | Resposta

  5. Olá Jânio,

    Peço por gentileza que mude a foto que você enviou para divulgação desta postagem. A matéria é muito boa, entretanto trabalho com o Google AdSense que é muito rigoroso em relação a imagem ou material adulto. Por isso vou liberar para que você possa enviar novamente.

    Agradeço a compreensão,
    Jacques

    Comentário por jacques.nunes@ig.com.br | setembro 2, 2011 | Resposta

    • Olá Jacques:

      Eu é que agradeço pela chance e pelo suporte que você nos prestou, é a primeira vez que recebo um.

      Eu vou reenviar sim, e com uma nova imagem.

      Obrigado pela força.

      ABS

      Comentário por icommercepage | setembro 3, 2011 | Resposta

  6. hummm eu gostei disso :D

    Comentário por davi | junho 22, 2012 | Resposta


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 217 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: